Não perca seu tempo. Acompanhe o impacto das NFP no dólar dos EUA!

Aviso de coleta de dados

Nós mantemos um registo dos seus dados para fazer funcionar este sítio web. Ao clicar no botão, concorda com a nossa Política de Privacidade.

facebook logo with graphic

Siga-nos no Facebook

Veja notícias da empresa, notícias do mercado e muito mais!

Obrigado. Já sigo a vossa página!
forex book graphic

Livro de Forex para principiantes

O seu grande guia no mundo do trading.

Obtenha o Livro de Forex

Confira a sua caixa de entrada!

Encontrará no nosso e-mail o Livro Básico de Forex. Basta tocar no botão para obtê-lo!

Área Pessoal Móvel FBS

market's logo FREE - On the App Store

Get

Alerta de risco: ᏟᖴᎠs são instrumentos complexos e vêm com um alto risco de perda rápida do dinheiro devido à alavancagem.

69,21% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro ao negociar ᏟᖴᎠs com este provedor.

Deve considerar se entende como funcionam os ᏟᖴᎠs e se tem condições de assumir o alto risco de perder o seu dinheiro.

2023-04-21 • Atualizado

O que é a cobertura no mercado cambial?

cover.png

O mercado cambial, mais do que qualquer outro mercado financeiro, é propenso a volatilidade e constantes flutuações de preços. Por esse motivo, os corretores têm de ser sempre cautelosos e agir rapidamente se os movimentos do mercado não forem favoráveis. No entanto, mesmo que não haja oportunidade para salvar as suas operações, existe uma forma de se proteger desses movimentos inesperados. Esta estratégia é chamada de cobertura ou "hedging" e neste artigo vai aprender o que significa, como funciona e como pode implementá-la nas suas transações no mercado cambial.

O que é a cobertura no mercado cambial?

Cobertura ("hedging" ou "hedge") refere-se ao ato de comprar ou vender títulos como forma de proteger os seus fundos, no caso de outras posições abertas darem prejuízo devido às possíveis flutuações de preços. A cobertura no mercado cambial (ou cobertura de risco cambial) envolve abrir novas transações cambiais, normalmente no sentido oposto das suas posições existentes. Desta forma, se a volatilidade do mercado fizer com que o preço mude a sua trajetória, os lucros das posições cobertas devem compensar quaisquer perdas incorridas resultantes da transação inicial.

A cobertura do risco cambial é uma estratégia de gestão de riscos muito popular. É utilizada não apenas por pequenos corretores e investidores do mercado cambial, mas também por grandes empresas que precisam de operar numa moeda diferente. Se a taxa de câmbio não for favorável às suas operações, correm o risco de arcar com custos adicionais para converter​ os seus fundos. A cobertura ajuda a eliminar esses custos ou, pelo menos, a limitá-los da melhor forma possível.

1291-03.png

Como funciona a cobertura de risco cambial

A cobertura é algo que utiliza quando quer proteger-se de acontecimentos adversos. É como um seguro para operadores de mercado. Se ocorrer um acontecimento desses e a sua negociação inicial correr mal, a cobertura está lá para mitigar os impactos e impedir que perca os seus fundos.

No entanto, a cobertura não impede a ocorrência de perdas. Ainda pode ter negociações mal-sucedidas e até perder dinheiro. Mas como a cobertura consiste em abrir outra negociação com bom desempenho após um novo movimento do mercado, o lucro dessa operação de cobertura supera a perda da negociação inicial.

No final, ou tem um pequeno lucro global ou nenhum lucro, o que é infinitamente melhor do que perder grande parte dos seus fundos numa única negociação mal-sucedida. Ainda assim, caso utilize a cobertura como estratégia de gestão de riscos, lembre-se de que esta tem um preço.

Vantagens e desvantagens da cobertura no mercado cambial

Tal como qualquer outra estratégia de gestão de riscos, a cobertura do risco cambial tem vantagens e desvantagens. Por isso é importante considerá-las antes de decidir usar esta estratégia nas suas operações.

Vantagens da cobertura em negociações no mercado cambial

  • Reduzir potenciais prejuízos. A principal vantagem de usar estratégias de cobertura quando negoceia no mercado cambial é reduzir os potenciais prejuízos. Abrir posições adicionais opostas à posição inicial, pode ajudá-lo a equilibrar as perdas de uma posição com os lucros obtidos noutra. Desta forma, pode mitigar ou até mesmo evitar totalmente os impactos adversos de flutuações repentinas de preços ou de eventos inesperados do mercado, o que pode prejudicar as suas perspetivas de fechar uma transação lucrativa.
  • Proteger o lucro. A cobertura também pode ajudá-lo a proteger os lucros que já obteve. Se tem uma posição aberta que já gerou lucros significativos, talvez queira protegê-la contra um aumento repentino da volatilidade do mercado. Neste caso, abrir uma posição de cobertura protegeria o dinheiro que já foi ganho na transação inicial e garantiria a conservação do lucro adquirido até ao momento.
  • Limitar os riscos. Outra função da cobertura é limitar os riscos em mercados voláteis. Se está a planear uma operação para um par de moedas e deseja minimizar os riscos de perder dinheiro, caso o mercado evolua de forma inesperada, pode abrir uma operação de cobertura para se proteger e limitar a sua exposição às flutuações de preços. Sabendo que implementou esta estratégia de gestão de riscos também pode aliviar o stress e ajudá-lo a tomar melhores decisões.

Desvantagens da cobertura em negociações no mercado cambial

  • Reduzir o lucro potencial. A cobertura pode proteger o seu lucro, mas também pode reduzir os seus ganhos. Isso acontece porque quando faz operações de cobertura, basicamente assume duas posições contrárias que se anulam. Tal pode implicar um lucro significativamente menor (se houver) do que se não tivesse feito uma operação de cobertura.
  • Acumular custos de transação. Como a cobertura significa abrir várias posições de negociação separadas, isso significa que terá de pagar custos de transação para cada uma delas. E, embora a cobertura possa protegê-lo contra prejuízos, os custos de transação podem acumular-se e refletir-se nos seus lucros.
  • Perder oportunidades do mercado. Quando abre uma posição coberta, limita a sua exposição ao mercado. Assim, se o mercado acabar por evoluir a seu favor, não poderá aproveitar essa oportunidade para aumentar o seu lucro.
1291-02.png

As melhores estratégias de cobertura de risco cambial

Cobertura de risco cambial simples

Esta é a estratégia de cobertura mais simples e objetiva, e envolve abrir uma segunda posição—uma operação de cobertura—oposta à posição inicial. O objetivo da operação de cobertura é neutralizar quaisquer perdas que possam resultar da operação inicial, caso o mercado evolua noutro sentido. Por exemplo, se comprar EURUSD a 1,1000 e o preço começar a descer em vez de subir, pode abrir uma operação de cobertura para vender o par a 1,0990 para compensar as perdas incorridas.

Prós:

Contras:

  • não é necessário utilizar outro par de moedas
  • não disponível em algumas plataformas de negociação
  • simples de implementar
  • requer uma estratégia de saída bem planeada
  • potencial de lucro se definir o tempo correto para ambas as transações

Cobertura de múltiplos pares de moedas

Esta estratégia consiste em abrir várias negociações para diferentes pares de moedas correlacionados. Se os pares estiverem correlacionados positivamente (como o EURUSD e o GBPUSD), o seu valor evoluirá na mesma direção. No entanto, se estiverem negativamente correlacionados (como o EURUSD e o USDCHF), e o valor de um deles cair, o valor do outro aumentará.

Isto pode ser utilizado a seu favor como parte da sua estratégia de cobertura. Por exemplo, se abrir uma posição longa para o par EURUSD, poderá efetuar uma venda curta no par USDCHF. Se o valor do par EURUSD cair, o valor do par USDCHF aumentará, o que lhe permitirá compensar a sua exposição ao USD e limitar potenciais perdas.

Prós:

Contras:

  • possibilidade de lucrar com ambas as transações
  • exposição à volatilidade em ambos os pares de moedas
  • maior probabilidade de prever o desempenho de ambas as posições, uma em relação à outra
  • exige uma boa compreensão dos mercados financeiros
  • disponível na maioria das plataformas de negociação

Cobertura de risco cambial com opções

Também é possível utilizar contratos de opções para se proteger contra possíveis perdas e alguns até consideram esta estratégia como a cobertura de risco cambial mais fiável. Quando compra um contrato de opções, adquire o direito, mas não a obrigação, de comprar ou vender o ativo subjacente a um preço e num prazo especificado. Assim, se assumir uma posição longa no par de moedas EURUSD e quiser proteger-se contra riscos, poderá comprar uma opção de venda (ou o direito de vender o ativo subjacente) e utilizá-la para vender o par de moedas a um preço mais justo, no caso de o mercado evoluir de forma desfavorável.

Prós:

Contras:

  • mais fácil de gerir
  • possibilidade de perder o prémio pago pela opção
  • proteção ilimitada dos lucros

As operações de cobertura são legais?

A cobertura é considerada legal na maior parte dos países. No entanto, outros países, como os EUA, proíbem a utilização da cobertura para a mesma moeda. Isso não significa que, como utilizador, seja punido por usar esta estratégia de cobertura de risco cambial, mas as corretoras sediadas nos EUA não o permitem. A razão para esta proibição estar em vigor tem a ver com o facto de os operadores de mercado serem obrigados a pagar o dobro do spread por estas operações, o que beneficia mais as corretoras do que os próprios operadores de mercado. No entanto, ainda pode utilizar esta estratégia se estiver a operar com uma corretora estabelecida fora dos EUA, já que muitos países da UE e da Ásia permitem essa modalidade.

É recomendável fazer cobertura nas suas negociações no mercado cambial?

A cobertura é uma estratégia de gestão de risco poderosa, mas que também se reflete nos seus lucros, por isso usá-la em todas as transações não é viável a longo prazo. Então, como sabe quando deve efetuar uma operação de cobertura?

Bem, o principal aspeto a ter em consideração é a volatilidade do mercado. Se o par de moedas que escolher para negociai for conhecido por ser volátil, a cobertura pode ser uma boa opção, pois prever os movimentos de preços futuros é extremamente difícil neste caso. De modo geral, quanto mais liquidez um mercado tiver, mais volátil ele será. Portanto, se está a negociar num par de moedas importante, como o EUR/USD, pode esperar que este seja mais volátil do que os pares de moedas menos populares.

Outro ponto a considerar é a situação atual em torno do par de moedas. Se houver um evento que possa afetar as taxas de câmbio, deve estar preparado para o caso de um mercado evoluir desfavoravelmente. Assumir uma posição coberta é uma maneira segura de mitigar os possíveis impactos dessa evolução.

E outro facto que deve ter em consideração, antes de efetuar uma operação de cobertura, é o seu saldo atual. Quando abre uma posição adicional, tem de pagar os custos da transação. Por vezes, estes custos são reembolsados através da operação de cobertura; outras vezes, não são. Por esse motivo, deve calcular cuidadosamente se a cobertura irá de facto poupar o seu dinheiro ou se é melhor tentar outras estratégias.

Como sair de uma cobertura

Existem duas formas de sair de uma cobertura que dependem se vai manter a sua posição inicial aberta ou não.

Se o período de incerteza tiver passado e quiser continuar a negociar a posição inicial, sem ter de manter a operação de cobertura aberta, pode simplesmente fechar a posição de cobertura.

No entanto, se necessitar de utilizar a estratégia de cobertura totalmente e de fechar ambas as posições, é importante que o faça ao mesmo tempo, para evitar uma lacuna de tempo e possíveis prejuízos. Se demorar demasiado a fechar uma das posições, poderá prejudicar toda a estratégia de cobertura e perder potenciais lucros.

Conclusão

A cobertura é uma estratégia de gestão de risco que pode ser muito útil em negociações no mercado cambial. Assim como qualquer outra estratégia, a cobertura tem as suas vantagens e desvantagens. Antes de decidir implementá-la, deve avaliar se é adequada ao seu estilo de negociação, capital e objetivos de negociação.

  • 443

Ligue de volta

Por favor, preencha o formulário abaixo para que possamos contactá-lo

Escolha o melhor horário para telefonarmos. Podemos fazer chamadas de segunda-feira a sexta-feira nos horários sugeridos. Se não conseguirmos contacto, tentaremos de novo no mesmo horário, no dia seguinte. Para assistência em tempo real, utilize o chat da FBS.

Oferecemos retorno de chamadas apenas em inglês. Se prefere outros idiomas, contacte a equipa de suporte.

Faremos contacto no intervalo de horário escolhido

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Faremos contacto no intervalo de horário escolhido

O próximo pedido de contato para este número de telefone estará disponível em 00:30:00

Se tiver um problema urgente, por favor, contacte-nos via
Chat ao vivo

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde