Não perca seu tempo. Acompanhe o impacto das NFP no dólar dos EUA!

Aviso de coleta de dados

Nós mantemos um registo dos seus dados para fazer funcionar este sítio web. Ao clicar no botão, concorda com a nossa Política de Privacidade.

facebook logo with graphic

Siga-nos no Facebook

Veja notícias da empresa, notícias do mercado e muito mais!

Obrigado. Já sigo a vossa página!
forex book graphic

Livro de Forex para principiantes

O seu grande guia no mundo do trading.

Obtenha o Livro de Forex

Confira a sua caixa de entrada!

Encontrará no nosso e-mail o Livro Básico de Forex. Basta tocar no botão para obtê-lo!

Área Pessoal Móvel FBS

market's logo FREE - On the App Store

Get

Alerta de risco: ᏟᖴᎠs são instrumentos complexos e vêm com um alto risco de perda rápida do dinheiro devido à alavancagem.

76,5% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro ao negociar ᏟᖴᎠs com este provedor.

Deve considerar se entende como funcionam os ᏟᖴᎠs e se tem condições de assumir o alto risco de perder o seu dinheiro.

Fim da hegemonia do USD

Fim da hegemonia do USD

Informação não é consultoria em investimentos

No dia 16 de março, o Federal Reserve fez uma conferência de imprensa em que anunciou vários fatos dececionantes para a economia dos EUA. O FOMC alterou de 2,6% para 4,3% a previsão da inflação nos EUA em 2022, apesar da mudança na taxa de juros. O Fed também rebaixou de 4% para 2,8% a previsão do PIB dos EUA em 2022.

Os políticos dos EUA e a Casa Branca andam a colocar a culpa da inflação no conflito Rússia-Ucrânia e nos problemas de abastecimento. Contudo, isto mais parece uma desculpa pelo fracasso da política monetária, o crescimento extremo dos preços e a enorme dívida pública.

O que está a acontecer?

O dólar dos EUA é desde 1944 a moeda de reserva mundial. Mesmo hoje, a maioria dos cálculos das transações de petróleo é feita em dólares, o que dá fôlego à moeda americana. Contudo, líderes de alguns dos maiores e mais desenvolvidos países, como China, Rússia, Arábia Saudita, e Índia, estão a trabalhar num novo sistema de negociação que vai excluir o dólar dos EUA.

A Arábia Saudita já considera receber o pagamento do petróleo que fornece à China em yuan em vez de dólar. A China compra mais de 25% do petróleo exportado pela Arábia Saudita, que é a maior fornecedora dos chineses. Autoridades sauditas e representantes de grandes empresas estão cada vez mais insatisfeitos com a política externa do atual presidente dos EUA.

A Índia e a Rússia também avaliam a exclusão do dólar americano dos pagamentos e o arranque de negociações em rublos e rúpias. Muitos querem usar o yuan chinês como moeda de base. O novo mecanismo permitirá que os exportadores indianos sejam pagos em moeda local, em vez de dólares ou euros.

Estas inovações na região asiática podem reduzir consideravelmente a demanda pelo dólar dos EUA e enfraquecê-lo.

Previsão para o USD

O Fed encontra-se preso entre a inflação extremamente alta e a crescente dívida do governo dos EUA. Isto pode em breve criar um sério dissabor ao USD. O mundo pode perder a confiança na Casa Branca e recorrer a outras moedas, como o yuan chinês.

USD, gráfico semanal

Resistência: 99,3

Suporte: 97

1.png

O índice do dólar dos EUA (DXY) formou uma divergência bearish no intervalo semanal. O preço pode cair para 97 em algumas semanas. Além disso, em caso de rompimento da borda inferior, é possível que a queda estenda-se até a 95,2.

GBPUSD, gráfico semanal

Resistência: 1,3190; 1,3370; 1,3520

Suporte: 1,2950; 1,2740

2.png

O Banco da Inglaterra foi o primeiro a aumentar a taxa de juros. Os conselheiros podem aplicar um terceiro aumento na taxa, de até 0,75%; em 17 de março. A longo prazo, estas medidas podem ter impacto considerável sobre a GBP e fazê-la subir face a outras moedas.

O gráfico formou uma bandeira bullish. Os traders podem considerar a compra de GBPUSD no suporte a 1,2950 ou após o rompimento da borda superior da bandeira.

Semelhante

É possível evitar uma recessão?

A pandemia continua a prejudicar a atividade económica na China, a guerra na Ucrânia continua a impactar a economia europeia inteira, e os esforços do Federal Reserve para controlar a inflação ameaçam provocar uma recessão.

Irá o dólar dos EUA perder a dominância global?

O congelamento da maior parte das reservas cambiais da Rússia feito pelos EUA e seus aliados ocidentais alimentou temores de que o dólar americano esteja a ser utilizado como arma. Isto pode arruinar a dominância do dólar.

Popular

É possível evitar uma recessão?

A pandemia continua a prejudicar a atividade económica na China, a guerra na Ucrânia continua a impactar a economia europeia inteira, e os esforços do Federal Reserve para controlar a inflação ameaçam provocar uma recessão.

Escolha seu sistema de pagamento

Seja a estrela de seu jogo

Ligue de volta

Por favor, preencha o formulário abaixo para que possamos contactá-lo

Escolha o melhor horário para telefonarmos. Podemos fazer chamadas de segunda-feira a sexta-feira nos horários sugeridos. Se não conseguirmos contacto, tentaremos de novo no mesmo horário, no dia seguinte. Para assistência em tempo real, utilize o chat da FBS.

Oferecemos retorno de chamadas apenas em inglês. Se prefere outros idiomas, contacte a equipa de suporte.

Faremos contacto no intervalo de horário escolhido

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Faremos contacto no intervalo de horário escolhido

O próximo pedido de contato para este número de telefone estará disponível em 00:30:00

Se tiver um problema urgente, por favor, contacte-nos via
Chat ao vivo

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde